Thursday, March 26, 2009

Uma lição de vida que o meu Aussie me ensinou

Pastor AustralianoTeco, o meu Pastor Australiano

Este fim-de-semana fui a 1º prova de Obediência aqui em Lagos, com o objectivo de conseguir ganhar nas 2 classes bons pontos e boas posições.

Como foram distribuídas as classes pelo dia, de manhã entrei com o Teco na classe II e tive o primeiro choque com este meu cão.

Deixem ver se consigo explicar, o Teco, um Pastor Australiano, é o cão que fez diferença na minha vida pela simples alegria que ele mostra por estar comigo, brincar comigo e jogar comigo.

Quando fiquei com o Teco foi por visionar nos seus olhos aquilo que tanto buscamos e nunca encontramos noutra pessoa, a pura alegria de estar connosco.

Este Domingo, o Teco, na sua maneira canina de ser ignorou-me e os seus olhos e comportamento só mostraram censura.

Confesso que só hoje, com o coração partido e tendo a calma de olhar para trás me apercebo do erro que cometi.

Exigi do meu cão, do meu amigo, do meu fiel companheiro, que fosse uma máquina, que trabalha-se consecutivamente todos os dias, até chegar a perfeição. Esqueci-me do pequeno alegre cão que tenho em casa e do meu fiel eterno companheiro que tanta alegria e ternura mostra por esta dona que tantos erros comete.

A nossa eterna busca de perfeição, desejo de conquista e no fim medo de perder e sair-mos magoados só nos leva a desperdiçar os pequenos momentos de alegria de quem connosco partilha a vida.

Mais uma vez com estes meus amigos e fieis companheiros de 4 patas aprendi uma importante lição na vida e mesmo com o coração partido é neles que vejo a continua alegria de viver e vontade de recomeçar sempre que um dia se inicia.

Portanto, espero que esta minha lição também seja a lição de quem lê o meu blog e vocês, e tal como eu não se esqueçam que primeiro que tudo há que brincar, jogar e acarinhar antes de exigir seja lá o que for.

2 comments:

MIMO DE CÃO said...

ora nem mais!!os nossos cães ja sao perfeitos por nos amarem incondicionalmente!!!

Casas do Barlavento said...

Grande verdade, os cães ficam felizes com coisas simples, como um jogo de bola ou buscar um pauzinho e no fim eles é que são os mais inteligentes.